Clippings

O Dia - (25/01/2018)

Bancos oferecem descontos de até 90% nas dívidas

Instituições financeiras apresentam facilidades para os clientes renegociarem seus débitos e pagarem à vista

Os clientes endividados têm boas chances, neste começo de ano, de tirar a corda do pescoço ao negociar os débitos com bancos. As instituições financeiras dão oportunidades para quem estiver com pendência de conseguir liquidar a dívida, oferecendo descontos de até 90% no pagamento à vista, como no caso da Caixa Econômica Federal.

O banco estatal estendeu o prazo da campanha Quita Fácil para aqueles que têm dívidas com mais de 60 dias e com soma total de até R$49 mil. Há possibilidade também de parcelar a dívida em até 96 meses, desde que seja pago 10% do valor final na primeira parcela.

Para aproveitar a oportunidade, que foi prorrogada até o dia 31 de março, basta acessar o site www.negociardividas.caixa.gov.br e informar o CPF. Em seguida, aparecerá a proposta de pagamento e a data de vencimento. Depois é necessário apenas imprimir e quitar o boleto na casa lotérica mais próxima ou qualquer agência. Dúvidas podem ser tiradas no 0800 726 8068.


Outros bancos

O Banco do Brasil informou que renegocia dívidas permanentemente. A concessão de descontos, segundo o banco, é baseada nas características de cada caso dos clientes que têm à disposição o Portal Solução de Dívidas. A ferramenta pode ser acessada por meio da Internet Banking e do aplicativo.

Ao acessar, o cliente deve ir em "Solução de Dívidas" para consultar suas dívidas e renegociá-las. O serviço também está disponível nas agências ou na Central de Atendimento, pelos números 4004 0001, nas capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 729 0001, nas demais localidades.

Assim como o BB, o Bradesco também está aberto à negociação e os descontos variam, conforme cada cliente. O banco oferece a possibilidade de analisar as propostas de quitação do débito pela Internet Banking, nas opções "Outros Serviços" e "Renegociação de Dívidas". Além disso, agências, caixas eletrônicos e centrais de atendimentos, disponíveis nos números 4002 0022, nas capitais e regiões metropolitanas, (11) 4002 0022, nas demais regiões, estão aptas para indicar opções para a quitação.


Dicas para fechar acordo

Para sair do aperto, o professor de Finanças do Ibmec e da Fundação Dom Cabral, Gilberto Braga indica, primeiramente, buscar a centralização das dívidas em um único credor. Braga recomenda que o consumidor vá a todos os bancos em que tem débito, discuta sobre a portabilidade da dívida e observe qual das empresas dará a melhor proposta de renegociação do débito.

Ele afirma que é necessário buscar um valor dentro do orçamento. "Não adianta quitar a dívida fazendo outra", completa. Braga aconselha ainda a negociação de contratos em atraso na menor quantidade de parcelas. "Quanto menor o prazo, maior o desconto e melhor a recuperação financeira", conclui.